sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Toupeiras

Esta semana, estávamos fazendo uma retrospectiva de 2010 aqui no trabalho: cliente do ano, mala do ano, tragédia do ano... Começamos a confundir algumas coisas que aconteceram ano passado.
A noção de tempo aqui dentro do estúdio é muito incomum e, às vezes, é preciso uma intervenção maior como um evento, uma queda de conexão ou mesmo um apagão na rua para vermos coisas como a passagem do dia ou a iluminação natural das coisas lá fora.

Como toupeiras albinas, estamos cada vez mais descoloridos e cegos.

2 comentários:

Yasmin Ayumi disse...

aushuashuas descoloridos XD
gosto da sua brancura XDD

Se bem que vc precisa sair mais, vejo isso pelo modo como vc fica fascinado pela natureza urbana quando vamos ao parque...

o..o andre santos disse...

Hehehe, mas isso é devido às minhas origens, Yaya. Espero manter essa fascinação por toda a vida ^^

- Oia! Dente-de-leão!